sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

AFS: Mapa de Castigos nº 46, 47 e 48



Resultado da reunião do Conselho de Disciplina de 11/2/2016.

SAIBA MAIS: AQUI

Basquetebol: Taça Nacional Sub18 Masculinos


I Fase - Fase Zonal Sul A
1ª jornada:
CDTN/OAB - Clube Náutico de Abrantes

Amanhã, às 20h15.

AFS: 2º Curso de Treinadores de Futebol



2º Curso de Treinadores de Futebol UEFA "Basic"/Grau II - 2016.

Decorrerá em 3 fases consecutivas, mas autónomas (formação geral, formação específica e formação prática - estágio).

As inscrições encontram-se abertas até dia 29 do corrente.

Mais informações: geral@afsantarem.pt

Sabia que comer devagar emagrece


(crónica de Célia Dias Lopes)

Quando questiono aos clientes que me procuram em consultório para emagrecer se comem devagar, 90% após um breve silêncio, confessam que não é uma realidade.

Entramos em piloto automático e usamos os talheres, mastigamos e engolimos de forma mecânica. É isto que acontece, não é?

Há muita evidência científica que demonstra que comer depressa pode resultar num ganho substancial de peso. Mesmo quando se verifica um consumo de comida saudável, comer depressa pode resultar num ganho de peso. Até porque comer depressa quase sempre resulta em comer demais.

Mastigar é importante por várias razões:

-Primeiro porque permite saborear os alimentos. É inacreditável como deixamos de apreciar uma boa refeição ao estar gananciosamente a preparar a garfada seguinte, ignorando por completo a comida que já temos na boca.

-Segundo porque o processo de digestão começa na boca, o ato de mastigar e a produção de mais saliva, é essencial para uma digestão mais eficiente. Se os alimentos não forem bem mastigados, poderá acabar por se sentir inchado e com flatulência.

-Terceiro porque alerta o resto do corpo da chegada de alimento.

-Quarto, mas não menos importante, poder dar tempo para o cérebro informar quando já comemos o suficiente. Isto porque o nosso cérebro é que controla a nossa sensação de saciedade, e só cerca de 20 minutos depois de começarmos a comer é que o cérebro emite essa sensação. Se comermos muito rapidamente, podemos estar a comer demasiado sem nos sentirmos satisfeitos. Só quando nos sentimos enfartados com o nosso estômago quase a explodir, é que percebemos que comemos demais.

Deve mastigar pelo menos entre vinte e cinco a trinta vezes cada garfada, mas qualquer número acima de vinte trará benefícios.

A boa notícia é que pode corrigir este comportamento com a prática. A má notícia é que, como a maioria dos maus hábitos, é difícil alterá-los, porque tem que comer com consciência. Entenda por consciência a atenção que tem que dedicar ao processo de mastigação. Se verificar que come depressa pode abrandar e mastigar mais vezes.

Então, contar o número de vezes que mastiga é uma das formas mais eficazes para abrandar e comer menos, encha menos o garfo, coma com pessoas que comam devagar, pouse os talheres para conversar e vai ver que vai deixar comida no prato.

Não coma quando está zangado ou stressado, poderá levar a apressar-se. Por muita pressa que tenha, é má ideia jantar de pé na bancada da cozinha, à secretária ou no carro.

Em caso de desespero coma com a mão não dominante, assim, será obrigado a prestar atenção ao que está a fazer e leva a que coma mais devagar pela falta de prática. Pode também comer com pauzinhos caso não esteja habituado a fazê-lo, poderá tornar a refeição muito animada e decerto contribuirá para comer menos de cada vez, uma vez que levará mais tempo a comer.

Ao mastigar bem, a sensação de saciedade instala-se mais rapidamente. Não é necessária uma grande força de vontade para comer menos, isso acontecerá de um modo natural.

Tendo em conta a importância da alimentação para nos mantermos vivos, devíamos conceder-lhe mais do nosso tempo e atenção.

Célia Dias Lopes é dietista. 
Licenciada em Dietética desde 1997 e pós-graduada em Saúde, Aconselhamento e Tendências de Consumo, ambos pela Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa.
Sócio-gerente da empresa NutriCuida Consultoria e Nutrição, Lda.
É formadora e consultora na área da nutrição. Autora de inúmeras comunicações em congressos.
Autora do Livro " a e i o u da dieta saudável do doente em hemodiálise".
Membro da Associação Portuguesa de Dietistas e da Ordem dos Nutricionistas.

Futsal: Campeonato Distrital de Benjamins


11ª jornada:
C.D. "Os Patos" - C.A. S. Vicentense
Sábado, às 15 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

12º Torneio Concelhio de Escolinhas de Futebol


Arranca no próximo dia 20, no campo nº 2 da Cidade Desportiva, a 12ª edição do Torneio Concelhio de Escolinhas de Futebol.

O torneio, organizado pela Câmara Municipal de Abrantes, tem duas opções de participação (futebol de 7 e futebol de 4).

Equipas participantes:

Futebol de 7

ADM (Associação Desportiva Mação)
BFC (Bemposta Futebol Clube)
CDRDA (CDR Os Dragões de Alferrarede)
CPMon (Casa Povo Montalvo)
CPMou (Casa Povo Mouriscas)
CPP (Casa Povo Pego)
GDRC (Grupo Desportivo e Recreativo da Concavada)
GDRL (Grupo Desportivo Recreativo ”Os Lagartos” Sardoal)
NSA (Núcleo Sportinguista de Alferrarede)
SAB (Sport Abrantes e Benfica)
TSU (Tramagal Sport União)
UDA (União Desportiva Abrantina)
UDR (União Desportiva Rossiense)
GDRC “B" (Grupo Desportivo e Recreativo da Concavada)

Futebol de 4

ADM (Associação Desportiva Mação)
BEMPFUTCLUB (Bemposta Futebol Clube)
CDRDA (Clube Desportivo Recreativo “Os Dragões” de Alferrarede)
CPM (Casa Povo Montalvo)
CPM (Casa Povo Mouriscas)
CPP (Casa Povo Pego)
GDRC (Grupo Desportivo e Recreativo da Concavada)
GDRL (Grupo Desportivo Recreativo ”Os Lagartos” Sardoal)
NSA (Núcleo Sportinguista de Alferrarede)
SAB (Sport Abrantes e Benfica)
TSU (Tramagal Sport União)
UDA (União Desportiva Abrantina)
UDR (União Desportiva Rossiense)
CPM “B” (Casa Povo Montalvo)

Na 1ª concentração, no dia 20, os jogos iniciam às 14h30.

Futsal: Campeonato Distrital de Iniciados


4ª jornada:
Almeirim F.C. - C.D. "Os Patos"
Sábado, às 15 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

Taça Futsal Juvenis


Meias-Finais
G.F. Emp. Comércio - C.D."Os Patos"

Sábado, às 14 horas.

Futebol: Campeonato Distrital Infantis Fut.7


2ª Fase - Nível I - Série A
6ª jornada:
C.D. Fátima "A" - U.D. Rossiense
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

2ª Fase - Nível II - Série A
6ª jornada:
N. Sportinguista de Alferrarede "A" - U.F.C.I. Tomar "B"
Sábado, às 9h30.
S. Abrantes e Benfica "A" - N.S. Rio Maior "B"
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

2ª Fase - Nível III - Série E
6ª jornada:
Os Lagartos "A" - N. Sportinguista de Alferrarede "B"
Tramagal S.U. - S. Abrantes e Benfica "B"
U.D. Abrantina - A.D. Mação
Sábado, às 9h30.

Classificação actual:
Fonte: AFS

Encontro de Escolas de BTT de Abrantes


quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

ABT Night Runners


Taça Futsal Juniores Masculinos


Meias-Finais
C.D. "Os Patos" - CAD Coruche

Sábado, às 17 horas, no Tramagal.

Futebol: Campeonato Distrital Fut.7 Sub11


2ª Fase - Nível I - Série A
6ª jornada:
CADE "A" - S. Abrantes e Benfica "A"
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

2ª Fase - Nível II - Série B
6ª jornada:
N. Sportinguista de Alferrarede - Escola Tomar
Sábado, às 9h30.

C.P. Montalvo - C.P. Pego
Sábado, às 10h30.

Classificação actual:
Fonte: AFS

Futebol: Campeonato Distrital II Divisão Juniores


13ª jornada:
Sport Abrantes e Benfica - U.D. Atalaiense
Sábado, às 15 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

Futebol: Campeonato Distrital Fut.7 Sub10


2ª Fase - Nível I - Série A
6ª jornada:
V.F.C. Mindense - N. Sportinguista de Alferrarede
S. Abrantes e Benfica - C.A. Ouriense "A"
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

2ª Fase - Nível II - Série A
6ª jornada:
U.D. Abrantina - U.D. Chamusca
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

2ª Fase - Nível III - Série A
6ª jornada:
Tramagal S.U. - Escola Tomar "B"
Sábado, às 11 horas.

Classificação actual:
Fonte: AFS

Futsal: Campeonato Distrital de Juvenis


13ª jornada:
C.D. "Os Patos" - A.D. Mação (6-2)

Jogo realizado ontem.

Classificação actual:
Fonte: AFS

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

Novo ano... Novo futebol...


(crónica de Nuno Gomes)

Como tudo o que é bom termina depressa, à velocidade da luz passaram as férias na minha cidade natal, Abrantes. Mas foi suficiente para amenizar as saudades da família e amigos, que era o mais importante.

De regresso à China para continuar o trabalho de desenvolvimento do futebol de formação neste enorme país, segue-se a segunda etapa, consolidação dos hábitos e rotinas já apreendidos pelos atletas até ao momento e a implementação do jogo.


Como já referi algumas vezes, o futebol na China está em desenvolvimento e aperfeiçoamento constantes, o futebol de formação encontrava-se no nível zero e as bases estão agora a ser lançadas. Óbvio que o mercado do futebol sénior sofreu um boom repentino no que à contratação de jogadores, e que jogadores…, diz respeito, mas isso será tema para uma futura crónica.

Nesta fase, o importante é realizar jogos de carácter lúdico/competitivo que façam com que os jovens atletas adquiram hábitos do que é o jogo e o que é jogar.


Mas nesta fase temos encontrado dois grandes adversários: as condições atmosféricas e o Spring Festival.

Shenzhen é uma cidade que tem sensivelmente um mês e meio do que aqui é apelidado Inverno. Temperaturas que rondam os 7/8 graus e amiúde alguma chuva, os restantes são notoriamente veraneantes. Mas como é a primeira vez que os atletas, e os pais, estão a passar por esta experiência ainda têm algum receio dos danos colaterais, principalmente devido à chuva, que possam causar à saúde dos filhos.


Também por isso é que aqui estamos, para demonstrar que para se evoluir há que ser constante na assiduidade ao treino independentemente das condições atmosféricas, existem formas de proteger a saúde dos filhos num trabalho conjunto entre os treinadores e os pais. Dessa forma elaborámos um documento, mostramos exemplos práticos, na tentativa de elucidar os pais que desde que sejam garantidas algumas regras: roupa apropriada para o treino, treino adaptado às condições atmosféricas, após o treino trocarem imediatamente de roupa no final do treino (os Chineses não têm por hábito utilizar balneários antes ou depois do treino), falar com o treinador acerca de alguma alteração de saúde nos dias que antecederam ou precederam o treino, entre outras coisas…
Se a curto prazo (num dia de chuva) chover e tivermos uma percentagem elevada de presenças no treino, será mais uma enorme vitória…


A nível pessoal também já passei por uma aprendizagem engraçada, uma noite com uma temperatura mais fria, tentei ligar o ar condicionado da minha casa com ar quente… tentei… porque após umas horas e algumas chamadas para o meu manager para lhe dizer que o ar condicionado estava estragado, ele disse-me que em Shenzhen a grande maioria dos aparelhos não tem ar quente, somente ar frio, e o meu é um deles…

Outro factor que interfere na assiduidade é o Spring Festival (Ano Novo Chinês), este dado é cultural e extremamente enriquecedor a nível cultural.


É um pouco parecido com a nossa época natalícia e igual à noite na passagem de ano. No dia 6 de Fevereiro celebra-se a aproximação da chegada do novo ano lunar, com a dança do Dragão e do Leão as danças são comuns durante o ano novo chinês. Acredita-se que as batidas fortes do tambor e os sons ensurdecedores dos címbalos, juntamente com a face do dragão ou do leão a dançar de forma agressiva podem expulsar os maus espíritos, é um espetáculo digno de se ver…

Na noite de 7 para 8 de Fevereiro dá-se a entrada no novo ano no calendário chinês, este ano denominado ao ano do Macaco. As famílias reúnem-se e é distribuído um envelope vermelho às crianças que contém dinheiro e desejos de sorte e prosperidade. Às 24 horas tem início um festival de fogo-de-artifício que dá as boas vindas ao novo ano lunar. As comemorações duram cerca de 10 dias, dias que não temos atletas para treinar, mas aqui prevalecem, e muito bem, as raízes culturais…

Xin  nian   kuai  le
Happy new year
Feliz Ano Novo


Todos os dias uma aprendizagem, uma aprendizagem diária.

Nuno Gomes 
Licenciado em Ciências do Desporto - Motricidade Humana; pelo ISEIT-Piaget
Mestrando em Ensino de Educação Física nos Ensinos Básico e Secundário; ISEIT-Piaget
Treinador de Futebol na Academia Winning League Luis Figo - China

AFS: Comunicado de Alterações



Comunicado de Alterações nº 55, de 10/2/2016.

SAIBA MAIS: AQUI

Vamos Fazer o Rui Sorrir


Actividade solidária realizada no passado dia 6, no pavilhão da Solano de Abreu.






As actividades de Zumba e Body Combat, foram dinamizadas por André Ribeiro e Carlos Carvalho, respectivamente.




Campeonato Distrital de Infantis Fut.9 - Regulamento



Comunicado Oficial nº 213, de 10/2/2016.

SAIBA MAIS: AQUI

Basquetebol: Taça Distrital Sub16 Femininos


3ª jornada:
C. Náutico de Abrantes - C.D. Torres Novas (32-68)

Jogo realizado no dia 6.

Classificação actual:
 Fonte: ABS

AFS: Alteração ao Regulamento de Provas Oficiais



Comunicado nº 211, da 10/2/2016.

SAIBA MAIS: AQUI

terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

Trail: TCC Vila Velha de Rodão


2ª etapa do Território do Circuito Centro, disputada no dia 6, em Vila Velha de Rodão.

Luis Mota, da Casa do Benfica em Abrantes, venceu no escalão M40, com o tempo de 4h02m11s, com mais de quatro minutos de vantagem face ao segundo classificado.

Recorde-se que o atleta do clube abrantino já havia triunfado na 1ª etapa, disputada em Proença a Nova, no dia 16 de Janeiro.

Natação: VIII Meeting Internacional de Lisboa


Competição realizada nos dias 6 e 7, no Jamor, com a presença de nadadores do Clube Náutico de Abrantes.

Principais resultados:
Dia 6
50m Mariposa Eliminatórias
52º Afonso Gaspar 28.00

50m Bruços Eliminatórias
9ª Maria Madalena Silva 34.84

50m Costas Eliminatórias
12º Afonso Gaspar 28.99

100m Livres Eliminatórias
35º João Gaspar 55.97

50m Bruços
Final A
9ª Madalena Silva 34.99

50m Costas
Final B
15º Afonso Gaspar 29.30

Dia 7
50m Livres Eliminatórias
36º João Gaspar 26.16
56º Afonso Gaspar 26.70

100m Costas Eliminatórias
24º Afonso Gaspar 1:03.58

100m Mariposa Eliminatórias
63º João Calado 1:04.26

100m Bruços Eliminatórias
13ª Maria Madalena Silva 1:18.72

100m Bruços
Final B
17ª Maria Madalena Silva 1:19.60

Futebol: Campeonato Distrital II Divisão Iniciados


1ª Fase - Série 1
16ª jornada:
C.P. Montalvo - N. Sportinguista de Alferrarede (0-15)
Tramagal S.U. - U.D. Atalaiense (0-6)

Jogos realizados no dia 7.

Classificação actual:
Fonte: AFS